Goodreads

Destaques

0 Velhas Traições | Opinião


Dois Espiões, ex-amantes, um encontro. Qual deles sairá vivo deste jantar? Há seis anos, Henry e Celia eram amantes e colegas, e trabalhavam na CIA em Viena. Até que os terroristas sequestraram um avião no aeroporto. Uma tentativa de resgate, delineada no interior da agência, correu terrivelmente mal. Todos os passageiros morreram.

Essa noite continua a assombrar todos os que a viveram; para Henry e Celia, foi o fim da sua relação. Celia decidiu mudar de vida, deixou a CIA, casou e teve filhos. Agora vive uma vida normal nos subúrbios da Califórnia. Henry continua a ser analista na agência e foi aos Estados Unidos para a ver, para reviver o passado, talvez, ou para o deixar para sempre para trás. Mas nenhum deles pode esquecer a pergunta: será que o seu agente infiltrado estava comprometido? Cada um deles pergunta-se também qual o papel do outro em toda a situação. Poderão confiar um no outro?

Um livro intenso, emocionante e inquietante que o vai manter refém até à última página.


Autor: Olen Steinhauer   
Editor: Bertrand Editora (Março, 2016) 
Género: Policial > Thriller
Páginas: 216
Original: All the Old Knives (2015) 
comprar


opinião
★★★
Depois de dois meses a trabalhar na investigação Frankler, desencadeada pela revelação de um prisioneiro capturado no Afeganistão de que uma catástrofe no aeroporto de Viena em 2006 terá tido o auxílio de alguém da Embaixada Americana, Henry regressa aos Estados Unidos para interrogar Celia, por quem ainda nutre sentimentos.

Acompanhei esta história de traições, mentiras e segredos com grande interesse. Enquanto Celia reconstruiu a sua vida, casando e tendo filhos, a vida de Henry parece ter estagnado depois que terminaram a relação. A história pessoal destes personagens segue a par com o que aconteceu em 2006 quando um grupo de terroristas tomou de assalto um avião depois deste aterrar em Viena. Assim, a narrativa alterna entre os pontos de vista de Celia e de Henry, tanto no passado como no presente. 

Gostei bastante deste livro, não só pela história mas também pela forma descomplicada e bem sintetizada que o autor escolheu para a contar, avançando rapidamente para a conclusão. Sentamo-nos literalmente com Celia e Henry à mesa para um jantar decisivo em que serão esclarecidas todas as dúvidas do passado, colocando os pontos nos Is. 

À medida que Henry e Celia argumentam sobre o que aconteceu no passado, vamos ficando cada vez mais divididos entre um e outro. Cada um mentiu para salvar a vida do outro e os segredos e mentiras daí resultantes, acabaram por separá-los. 

O final do livro, embora possa contrariar os nossos desejos, acaba por lhe dar carácter, na minha opinião. De tão interessante que é, Velhas Traições serviu para me ajudar a melhorar a minha técnica de - e com sucesso! - ler e passar a ferro ao mesmo tempo...


Olen Steinhauer é também autor de O Caso do Cairo e Do Desastre de Lisboa



The plot of Steinhauer’s novel retains a reader’s attention until its final images. The night has closed in, danger has asserted itself in warm, ­placid Carmel. The meal is finished. Who will pay? - The New York Times


Olen Steinhauer cresceu na Virgínia e viveu em várias cidades norte-americanas, bem como na Croácia, na República Checa e em Itália. Viveu também um ano na Roménia, uma experiência que o inspirou para a escrita dos seus primeiros cinco livros. É frequentemente comparado a John le Carré e os seus livros têm conhecido grande sucesso junto da crítica e dos leitores, estando dois deles a ser atualmente adaptados ao cinema. Vive na Hungria com a mulher e a filha.



Nenhum comentário:

Postar um comentário