Goodreads

Destaques

O Som e a Fúria | Opinião


Wook.pt - O Som e a FúriaSom e a Fúria é a tragédia da família Compson, apresentando algumas das personagens mais memoráveis da literatura: a bela e rebelde Caddy, Benjy, o filho varão, o assombrado e neurótico Quentin; Jason, o cínico brutal, e Dilsey, o criado negro. Com as suas vidas fragmentadas e atormentadas pela história e pela herança, as suas vozes e ações enredam-se para criar o que é, sem dúvida, a obra-prima de Faulkner e um dos maiores romances do século XX.

William Faulkner afirmou muitas vezes que O Som e a Fúria era o romance mais próximo do seu coração porque era o que lhe tinha causado mais sofrimento e angústia a escrever. Neste magnífico romance, publicado pela primeira vez em 1929, Faulkner criou a «menina dos seus olhos», a bela e trágica Caddy Compson, cuja história nos conta através dos monólogos separados dos seus três irmãos: Benjy, o idiota; Quentin, o suicida neurótico; e o monstruoso Jason.

O Som e a Fúria é o seu quarto romance e a primeira das suas obras-primas indiscutíveis, aquela que, mais do que qualquer outra, confirmou Faulkner como figura central da literatura do século XX.


Autor: William Faulkner    
Editor: Leya (11/2017) 
Género: Romance
Páginas: 304
Original: The Sound and the Fury (1929) 
 xxxpremio

opinião
★★★★★


My rating: 5 of 5 stars

Produto do seu tempo e espaço, obcecados com as aparências e refugiados nos ideais que sempre lhes serviram de bússola, os Compson têm imensa dificuldade em acompanhar as mudanças que têm lugar na primeira metade do século XX, no Mississípi, onde a segregação social e a distinção social são ainda realidades diárias.

A decadência da família é uma história trágica, carregada de dor e desespero. Afetados de diferentes maneiras pelos mesmos acontecimentos, cada Compson segue um caminho divergente… e é neste ponto que o escritor fez um trabalho brilhante: Faulkner criou uma narrativa única recorrendo a diferentes pontos de vista cheios de lacunas, contradições e opiniões muito próprias. Sem nos dar qualquer informação de antemão ou sequer algumas pistas, o autor anda com a história para a frente, arrastando-nos com ele, confusos, tentando recolher e juntar as diferentes peças a que vamos tendo acesso. A ausência de uma narrativa linear, torna a leitura difícil e confusa, mas que compensa largamente.

É Benjy, doente mental, que nos apresenta à família. A sua é a perspectiva mais confusa, com saltos no tempo e no espaço sem qualquer aviso ou lógica. Temos que fazer um esforço extra para o acompanhar e tentar perceber o que se passa à sua volta através de um ponto de vista patologicamente comprometido. Senti-me presa com Benjy no meio da confusão e da incompreensão; fui atingida por uma sensação de impotência e tristeza que acabou por tornar esta primeira parte a minha preferida do livro. Ninguém tenta compreender Benjy, não tentam sequer comunicar com ele, consideram-no um fardo, um castigo, e perdemos a conta ao número de vezes que o mandam calar sem tentar perceber o que se passa com ele, que ideia pode estar a tentar transmitir. E é com ele que começamos a perceber muito superficialmente os problemas da família e o carácter de alguns dos seus membros. E é também com Benjy que ficamos com um sentimento de triste inevitabilidade em relação ao futuro dos Compson.

Continuamos o nosso tempo com a família com os irmãos de Benjamin: o neurótico, deprimido, obcecado e atormentado Quentin e depois com o hipócrita, racista, frustrado e cruel Jason, o preferido da mãe, que adora fazer-se de vítima e fazer julgamentos sobre a vida alheia.

O Som e a Fúria, fortemente subjetivo, habilmente complexo e extraordinariamente emotivo é um livro poderosíssimo ao qual não conseguimos ficar indiferentes.


View all my reviews


 Frases Preferidas 
«Qualquer homem vivo está melhor do que qualquer homem morto, mas nenhum homem vivo ou morto está muito melhor do que outro homem vido ou morto» - 106

«Tento tratar bem toda a gente - disse ele. - Não faço distinções sociais. Para mim, um homem é sempre um homem, onde quer que o encontre» - 104

«Estás a confundir pecado com moralidade, as mulheres não fazem isso» - 106

«O homem é o somatório das suas desgraças» - 108

«As mulheres têm afinidade com o mal, por não acreditarem que mulher alguma é digna de confiança, mas que alguns homens são ingénuos demais para se protegerem delas» - 109

«Suponho que as pessoas, à força de se gastarem tanto a si e aos outros pelas palavras, são pelo menos coerentes ao reconhecerem sabedoria numa língua calada» - 120

«o dinheiro tem sarado mais chagas que Jesus» - 174

«e eu temporário e ele era a palavra mais triste de todas nada mais existe no mundo não é o desespero até ao fim do tempo não é sequer o tempo de dizermos foi» - 174


«é sempre alguém que nunca fez grande coisa na vida que nos vem dizer como havemos de governar a nossa» - 236




0 Fogo e Fúria | Opinião


Wook.pt - Fogo e FúriaCom acesso privilegiado à Casa Branca de Trump, Michael Wolff conta-nos a história da presidência mais controversa de todos os tempos. Os primeiros nove meses do mandato de Trump foram intempestivos, escandalosos e completamente fascinantes. Com acesso a informação privilegiada, Michael Wolff conta-nos a história impressionante deste mandato, tão imprevisível e escandaloso quanto o próprio presidente, e abre-nos as portas ao caos da sala oval.

Entre as revelações chocantes contam-se as seguintes:
- Qual é a verdadeira opinião da equipa de Trump sobre o presidente.
- O que inspirou Trump a afirmar que o presidente Obama o tinha sob escuta.
- Que motivo levou ao despedimento de James Comey, diretor do FBI.
- Por que razão Steve Bannon, diretor de campanha, e o genro de Trump, Jared Kushner, não podiam estar na mesma sala.
- Com o despedimento de Bannon, quem está à frente da estratégia da administração Trump?
- Qual é o segredo de comunicação de Trump?
- O que tem a administração de Trump em comum com o filme Os Produtores?


«Quase toda a gente envolvida na campanha de Trump julgava ter bom senso e realismo. Eis o acordo silencioso que selaram entre si: Donald Trump não só não seria presidente, como provavelmente não era nada boa ideia que viesse a sê-lo. Para bem de todos, a primeira convicção significava que ninguém teria de lidar com a segunda hipótese. À medida que a campanha se ia aproximando do fim, Trump começou a revelar-se otimista. O seu amigo de longa data Roger Ailes gostava de afirmar que, quem quisesse fazer carreira na televisão, deveria antes candidatar-se à presidência. Agora, Trump, encorajado por Ailes, lançava rumores de um canal Trump. Era um futuro glorioso. Sairia daquela campanha, assegurou Trump a Ailes, com uma marca muito mais poderosa e oportunidades incalculáveis. "Isto é maior do que alguma vez sonhei", confidenciou a Ailes uma semana antes da eleição. "Não penso em perder, porque não é perder. Ganhámos imenso." Mais importante ainda, já havia esboçado a sua resposta pública para o caso de perder as eleições: Fui roubado! Donald Trump e os poucos paladinos da sua campanha estavam preparados para perder com fogo e fúria. Não estavam preparados para ganhar.»


Autor: Michael Wolff
Editor: Actual Editora (Fevereiro, 2018) 
Género: Política Internacional
Páginas: 384
Original: Fire and Fury: Inside the Trump White House (2018) 

opinião
★★★★
«O presidente não sabia o suficiente, não sabia o que não sabia, não se preocupava especialmente com isso e, para cúmulo, estava confiante, ainda que não sereno, nas suas certezas inquestionáveis.» (página 354)

Em Fogo e Fúria Michael Wolff resume de forma muito competente os acontecimentos a que temos vindo a assistir - com considerável incredulidade - nas notícias. Se a biografia escrita por Kranish me deixou a questionar como é possível que este indivíduo tenha chegado à presidência dos Estados Unidos da América, o livro de Wolff deixou-me a perguntar como raio é possível que ele ainda se lá mantenha!

Sem capacidade para prestar atenção ou para adaptar o seu comportamento às exigências, Trump é uma «pessoa estranha, difícil, até mesmo ridícula e manifestamente mal preparada» (p. 36) e que, como se não bastasse, se rodeou de pessoas sem qualquer experiência política ou legislativa (...algumas delas com de carácter bastante duvidoso). Wolff evidencia como Trump é o rei do improviso, com as suas explosões de cólera como primeiro instinto (o que normalmente resulta no despedimento de alguém que nem deveria ter sido contratado para começar), sem aparente noção de causa/efeito ou capacidade de raciocínio analítico. 

O Trumpismo, uma nauseante mixórdia ideológica que só piora quando lhe juntamos Bannon, com as suas simpatias confusas que evidenciam nacionalismo e racismo, é um triste retrocesso na civilização. Brutalmente honesto, Wolff descreve uma Casa Branca idiótica e confusa,  sem uma mensagem coerente por parte da sua equipa, a precisar desesperadamente de «profissionais mentalmente lúcidos, lógicos, adultos, normais» (p. 219) e de um princípio operacional que não seja apenas fazer o oposto que Obama fez. 

Fogo e Fúria narra os 9 primeiros meses da presidência de Donald Trump, a infeliz sucessividade de escândalos, com especial enfoque na polémica com a Rússia, na importante influência de Ivanka Trump e Jared Kushner e na capacidade de Bannon para ajudar a transformar esta presidência naquilo que parece um número de circo de péssimo gosto. 




Leia mais...

0 Novidades Abril 2018

Romance
Wook.pt - O PoderWook.pt - Monte-RealWook.pt - Recados da AlmaWook.pt - Três Filhas de EvaWook.pt - O Tempo em Que a Luz DeclinaWook.pt - A Mulher no Expresso do OrienteWook.pt - A Casa das Romãs | The House of PomegranatesWook.pt - A Filha do Mercador de SedaWook.pt - A Lady ImprovávelWook.pt - Até Te ConhecerWook.pt - A Carruagem dos OrfãosWook.pt - Um Homem PoderosoWook.pt - Quando Tu VoltasteWook.pt - Tempo SuspensoWook.pt - A BoleiaWook.pt - Nem Minha Casa É Já Minha CasaWook.pt - Hotel MemóriaWook.pt - Florinhas de Soror NadaWook.pt - A Ordem do DiaWook.pt - Narrativas FemininasWook.pt - A Cidade dos AflitosWook.pt - Relato de um Certo OrienteWook.pt - Tu Não És Como as Outras MãesWook.pt - O Domingo das MãesWook.pt - A Letra EscarlateWook.pt - O AlienistaWook.pt - Grandes EsperançasWook.pt - Este Foi Um HomemWook.pt - Dias de EsperançaWook.pt - Encontrei-te nas Páginas de Um LivroWook.pt - E Depois Chegaste TuWook.pt - Heróis do Ar

Literatura Fantástica
Wook.pt - O Caminho das MãosWook.pt - Beren e LúthienWook.pt - Os Humanos

Ficção Científica
Wook.pt - Fahrenheit 451

Thriller
Wook.pt - Fica ComigoWook.pt - Visão MortalWook.pt - O Falcão da NoiteWook.pt - Pequenos Segredos (Anna Snoekstra)Wook.pt - A Mulher InocenteWook.pt - Enquanto o Tempo PassaWook.pt - Tudo o Que Queres Que Eu Seja

Memórias | Biografias
Wook.pt - Uma Certa Forma de VidaWook.pt - DiáriosWook.pt - A Lingua ResgatadaWook.pt - Demasiado Frágil

Livros de Bolso
Wook.pt - A Chave da LuzWook.pt - Construir um AmorWook.pt - O Assassínio de Cinderela Wook.pt - A Ordem Oculta
Leia mais...