Goodreads

Destaques

1 Os Luminares | Opinião

MAN BOOKER PRIZE 2013
  Este é um livro novo e inovador: novo pelo tema - um mistério por resolver no século XIX na cidade de Hokitika, Nova Zelândia, que reagrupa o destino de doze personagens - e inovador pela estrutura reinventada dos romances vitorianos.
  A corrida ao ouro, o tráfico de ópio, a prostituição e a expiação do passado de cada uma das personagens, além de um grandioso mistério por resolver, relevam a singularidade desta obra: é um thriller e um romance histórico, iluminado por referências astrológicas e chaves simbólicas orientadoras do destino das personagens.
  Surpreendente e viciante, eis ficção ao mais alto nível literário.

Autor: Eleanor Catton
Editor: Bertrand Editora (Setembro, 2014)
Género: Romance histórico/thriller
Páginas: 888
Original: The Luminaries (2013) [Goodreads] [Wook]



opinião
★★★☆☆
Este é um daqueles livros que me deixam dividida. Apesar de reconhecer as competências da escritora e a perspicácia do seu estilo narrativo, estas qualidades não se traduziram, como seria de esperar, em entusiasmo em relação ao livro.

Bem construídos e caracterizados, parece-nos que cada um dos personagens deste livro tem algo a esconder, fazendo assim com que a nossa opinião sobre eles vá sofrendo alterações ao longo da história. Eleanor Catton oferece-nos também um excelente retrato sobre a Nova Zelândia durante a prospeção de ouro, em 1866, reunindo no mesmo palco personagens de diferentes classes sociais e nacionalidades, muitos deles, aparentemente, a tentar escapar ao passado.

Todos os personagens, de uma maneira ou de outra, contribuem para o desenvolver da narrativa já que até as mais pequenas ações acabam por ter impacto na vida de outros.  No final - um final que nos conduz de volta ao início - tudo começa satisfatoriamente a fazer sentido, graças às peças de informação que fomos recolhendo.

No entanto, pessoalmente, nada disto se transformou em gosto ou entusiasmo pelo livro. Complexo, pouco linear e bastante lento na maior parte do tempo, Os Luminares entediaram-me. Costumo gostar de livros extensos, mas eram mesmo necessárias tantas páginas para contar esta história?!



Frases Preferidas
ISBN 9789722528948

«a observação pessoal é condenada com veemência pelos profetas morais da nossa época. Como se a pessoa não tivesse relação consigo mesma, e só olhasse para os espelhos para confirmar a sua arrogância. Como se o ato da auto-observação não fosse tão subtil, profundo e mutável como qualquer laço entre almas gémeas.» - 17

«-Ninguém pode proteger uma alma contra si mesma, contra a sua própria mão, sabe?» - 69

«A assistência social é a personificação da civilização, a sua melhor prova, na verdade!» - 70

« o prazer reside na falta» - 82

«O desdém, apesar da sua pretensão reprovadora, é uma emoção que pode proporcionar uma certa clareza.» - 94

«A sorte não é uma virtude.» - 144

«a beleza e a convicção são sempre persuasivas, seja qual for o contexto em que surjam.» - 428

«a vingança é um ato de inveja, não de injustiça» - 637

«se a nossa casa não é o sítio de onde vimos, então é o sítio para onde queremos ir.» - 763





✏ Eleanor Catton nasceu em 1985 no Canadá, mas cresceu na Nova Zelândia.O seu primeiro romance, O Ensaio, foi amplamente aclamado pela crítica, tendo sido distinguido com inúmeros prémios, entre eles os prestigiados UK Society of Authors's Betty Trask Award (2009),Montana New Zealand Book Award (2010) e Amazon First Novel Award (2011). Foi ainda nomeado para o reputado Orange Prize for Fiction (2010). A obra encontra-se traduzida e publicada em dez países.

O Ensaio (Gradiva 2011)  Os Luminares (Bertrand Editora 2014)





Um comentário: