Goodreads

Destaques

0 A Invenção do Amor

  Uma história de amor inventado, absolutamente real. Do seu terraço, Samuel observa a agitação quotidiana
de Madrid, repetindo para si próprio que tudo está bem. Sobreviveu aos quarenta, a "idade maldita", não tem filhos, e as mulheres entram e saem da sua vida sem nunca pronunciarem as palavras "para sempre". 
  Uma madrugada, alguém lhe comunica por telefone que Clara, sua ex-namorada, morreu num acidente. De ressaca, Samuel é incapaz de explicar que não conhece nenhuma Clara. Impelido por um misto de curiosidade e enfado, decide ir ao velório. É então que, fascinado pela possibilidade de usurpar a identidade da pessoa com quem o confundem, Samuel ficciona uma história de amor com Clara, que vai partilhando com Carina, a irmã desta.
  Samuel vê nesse jogo de ilusões a possibilidade de reinventar a sua existência e sentir-se vivo, por fim. À medida que a memória de Clara vai ganhando verdadeira forma na sua cabeça, vai crescendo também a atracção que sente por Carina - e Samuel começa a perder o controlo do jogo que criou. Irá o amor que inventou ser a sua salvação ou a sua perdição?

Autor: José Ovejero
Editor: Alfaguara (Janeiro, 2014)
Género: Romance
Páginas: 288
Original: La invención del Amor (2013)
Sobre o autor...
José Ovejero nasceu em Madrid em 1958 e é licenciado em Geografia e História. Depois de uma estadia na Alemanha, instalou-se de forma permanente em Bruxelas, onde trabalha desde 1988 como intérprete. A sua obra literária inclui Cuentos para salvarnos todos (Destino, 1996) e os romances Añoranza del héroe (Destino, 1997) e Huir de Palermo (Ediciones B, 1999). Ovejero também é autor de Bruselas (Destino, 1996) e da colecção de poemas Biografia del explorador, que obteve em 1993 o prémio de poesia Ciudad de Irún, assim como de China para hipocondríacos, que foi proclamado vencedor do prémio Grandes Viajeros e publicado nas Ediciones B em 1998.

Nenhum comentário:

Postar um comentário