Goodreads

Destaques

0 Irma Voth

Irma Voth foi banida pela família, porque se casou com um mexicano. E agora foi abandonada pelo marido, porque, disse-lhe ele, ela não soubera ser uma "boa mulher". Jorge partiu sem outras explicações, não sem antes lhe ter dado uma lanterna nova - objeto de extrema utilidade num lugar onde as noites são de escuridão total.
Irma é pouco mais do que adolescente e foi criada numa comunidade menonita, no Canadá, primeiro, e agora nas montanhas da Sierra Madre. Ocupa a casa abandonada por uns parentes e vê a mãe e as irmãs às escondidas do pai.
Um dia, uma equipa de filmagens instala-se na vizinhança para rodar um filme sobre a cultura menonita e a sua presença na região. E Irma será rapidamente convidada para fazer parte do grupo como intérprete da protagonista, uma atriz alemã.
O contacto com ela e os outros elementos do grupo, e um certo estilo de vida, irá despertar Irma para uma nova consciência de si e libertá-la da solidão e do silêncio que a haviam desde sempre isolado do resto do mundo. A grande mudança está em curso e Irma parte, levando as irmãs, à conquista da sua nova identidade na mega metrópole da Cidade do México.


Autor: Miriam Toews
Editor: Quetzal (Janeiro, 2013)
Género: Romance
Páginas: 248
Original: Irma Voth (2011)

Sobre a autora:
Miriam Toews nasceu no Canadá e cresceu numa comunidade menonita. Toews é jornalista e autora premiada de vários livros de ficção (e alguma não ficção) em que tem explorado o universo das suas origens: A Complicated Kindness, The Flying Troutmans, Swing Low: a Life, entre outros. A breve incursão que fez no cinema, no filme Luz Silenciosa do mexicano Carlos Reygadas, um filme sobre o choque cultural entre uma equipa de filmagens vanguardista e uma comunidade rural anabaptista e em que Toews desempenhou um dos papéis principais femininos - experiência que inspirou Irma Voth –, foi assinalada com a nomeação para melhor atriz dos prémios Ariel. Miriam Toews vive atualmente em Toronto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário