Goodreads

Destaques

1 A Amiga | Opinião


Wook.pt - A amigaQuando o marido é promovido, Cece Solarin muda-se para Brighton com os três filhos, animada com a possibilidade de um recomeço. No entanto, o ambiente do bairro que a acolhe parece-lhe ansioso e os vizinhos sobressaltados.

Cece descobre que, três semanas antes, Yvonne, uma das mães mais populares da zona, foi deixada às portas da morte, no pátio da escola dos filhos - a mesma onde se vê obrigada a inscrever os seus.

No primeiro dia de aulas, Cece conhece três mães muito diferentes que parecem querer ajudá-la neste novo começo. Mas Maxie, Anaya e Hazel são também amigas de Yvonne, e a polícia desconfia que uma delas poderá estar envolvida no crime.

Preocupada com a segurança dos filhos, Cece está decidida a descobrir a verdade…


Autor: Dorothy Koomson    
Editor: Porto Editora (Julho, 2017) 
Género: Romance
Páginas: 496
Original: The Friend (2017) 



opinião
★★★★☆
Foto de Tempo de Ler.
"Mãe de duas crianças em coma após ataque brutal na escola"… é assim que tem início o novo livro de Dorothy Koomson, mais uma narrativa intrigante, conduzida com grande inteligência e cheia de reviravoltas inesperadas, sempre em redor dos temas já habituais de Koomson: família, amor e amizade.

A mãe que quase foi espancada até à morte é Yvonne e não é de estranhar que as suspeitas da polícia caiam sobre as três amigas mais próximas da vítima: Anaya, Hazel e Maxie, especialmente quando se torna óbvio que todas estão a mentir sobre a noite que deixou Yvonne em coma. Recém-chegada com a sua família à cidade, Cece torna-se também amiga destas três mulheres e acaba por se ver forçada a colaborar com a polícia para descobrir a verdade, desvendar o que Anaya, Hazel e Maxie escondem sobre o seu passado e sobre o que realmente aconteceu naquela noite.

Além do interesse que a história suscita logo desde o início, o livro tem dois pontos muito fortes, o esquema de construção da narrativa e as personagens que nela participam:
. Narrada através de quatro pontos de vista diferentes, a história alterna também entre passado e presente permitindo-nos ficar a conhecer melhor cada uma das personagens e como é que chegaram até aqui. Apesar de no início não ser fácil acompanhar tantas perspetivas distintas e decorar quem é quem, acabamos por nos familiarizar com cada uma delas e criar uma empatia que não seria possível de outra forma. Além disso, isto leva-nos a estar constantemente a mudar o alvo das nossas suspeitas, o que só aumenta a nossa curiosidade pelo desfecho.
. Anaya, Cece, Hazel e Maxie são muito diferentes umas das outras; mulheres com personalidades distintas que experimentaram inícios de vida que as moldaram de modo desigual e que as forçou a seguir um ou outro caminho. No entanto, para todas elas, as decisões que tomaram, todas as mentiras que proferiram ou verdades que optaram por omitir durante tantos anos tinham apenas um objetivo: preservar a família.

Gostei muito deste livro, parece-me a leitura ideal para estas férias!




Um comentário:

  1. quando esse livro vai estar disponivel para as livrarias brasileiras e nos fas de dodroty

    ResponderExcluir