Goodreads

Destaques

0 As Minhas Leituras | Fevereiro 2016

★★★★
Flores Cortadas
★★★★✰
Diz-me Quem Sou Wook.pt - O Caçador
★★★


Flores Cortadas... de arrepiar...
O meu livro preferido de Fevereiro foi, sem dúvida alguma, Flores Cortadas. Apesar das descrições bastante violentas, ou talvez por causa delas, fiquei agarrada a este livro logo após os primeiros capítulos. A intensidade da história vai escalando à medida que começam a ser lançadas luzes sobre o desaparecimento de uma adolescente no passado e a morte do marido de uma das irmãs dessa mesma rapariga. Gostei muito deste livro mas não o recomendo livremente devido à violência que já mencionei; no entanto, se gosta de thrillers e não se considera um leitor sensível, então este é o livro a ler!

Diz-me Quem Sou ... para rir...
Depois de ler - e gostar bastante - de Tenho o Teu Número de Sophie Kinsella, decidi que iria experimentar mais trabalhos da autora. Aproveitei o lançamento de Diz-me Quem Sou para concretizar este desejo e fiquei igualmente agradada. O azar de Lexi, a protagonista, parece não ter fim e as peripécias que daí evoluem são muito caricatas e divertidas. Depois de acordar sem memória dos últimos anos no hospital Lexi tem que perceber como é que passou daquela rapariga desajeitada cuja carreira não se podia certamente adjectivar de brilhante para uma mulher bonita e em forma, casada com um milionário e chefe das suas ex-amigas... que passaram a odiá-la, já agora. Muitas leitoras portuguesas já conhecem o trabalho de Sophie Kinsella e sabem com o que podem contar - Diz-me Quem Sou é mais um dos seus excelentes trabalhos.

... uma história de vida...
Ao contrário do que aconteceu com a escritora anterior, o livro Grande Mulher levou-me a afastar da sua autora - Danielle Steel. Voltei a tentar com Uma Mulher de Coragem que me pareceu mais ao meu gosto e adorei! 
Apesar do preconceito, em inícios do século XX, Anabelle luta pelo seu sonho de ser médica. Exercendo funções na frente durante a Primeira Guerra Mundial, assistimos à fortificação progressiva do carácter da jovem, protagonista de uma história sofrida e comovente. 
Quem gosta de um bom romance histórico ao estilo de Lesley Pearse - como De Amor e Sangue A Promessa - vai certamente apreciar este livro.

...uma fantasia comovente...
Tal como o anterior trabalho de Puértolas, A incrível viagem do faquir que ficou fechado num armário Ikea, o livro A menina que engoliu uma nuvem do tamanho da torre Eiffel é igualmente original, improvável e cómico. 
No meio do que nos parece um enredo estapafúrdio e pura fantasia encontramos também imensa tristeza e crua realidade. 
Com um final que nos deixa simplesmente desarmados e confere profundo significado a todo o livro, Romain Puértolas volta a acertar em cheio neste livro. 

...um homem misterioso...
Caminhos Sombrios é o meu primeiro livro de Sandra Brown; nada posso dizer sobre os outros, mas em relação a este livro só vos digo: vale bem a pena ler!
A trama baseia-se no desenrolar de dois mistérios: quem é o estranho que mantém Emory numa cabana no meio do nada, aparentemente escondido do resto do mundo e quem tentou matá-la enquanto praticava para uma maratona. Sabemos à partida que alguém não está a dizer a verdade, só nos resta saber quem.
Acompanhei o livro com bastante interesse não apenas na história mas também no casal protagonista. As leitoras que gostam de romance com algum mistério vão certamente concordar comigo.
...uma exótica caça ao tesouro...
Tenho vindo a coleccionar os livros de Nora Roberts ao longo dos anos e custa-me parar, mas a verdade é que o prazer de ler os seus trabalhos já não é o mesmo e ultimamente ou fico indiferente ou desiludida...
Entretive-me a ler A Felicidade Nunca Vem Só, mas não passou disso. É uma boa leitura para distrair e passar o tempo mas a verdade é que - e acabei de listar acima cinco exemplos - há muito melhor a ser editado em Portugal. Além disso, quanto mais penso no carácter fútil e mal construído destes personagens mais motivos encontro para não gostar deles e mais vontade me dá de lhe roubar uma estrela...!
Para as leitoras que, tal como eu, há alguns anos atrás se apaixonaram pelo trabalho de Roberts gostam de revisitá-la de vez em quando... e esse é, infelizmente, o único motivo que me ocorre para ler este livro...

... e uma caça ao homem cheia de adrenalina... 
Wook.pt - O CaçadorPara acabar o mês escolhi O Caçador, o primeiro da série em que o misterioso Carter se dedica a encontrar pessoas que não querem ser encontradas. Neste livro, Carter colabora com o FBI para encontrar um ex-sniper que conseguiu escapar  da prisão e começa a executar inocentes. Para o encontrar Carter tem que conseguir prever o próximo passo, o que é dificultado pela aleatoriedade das vítimas. Ainda por cima, Wardell parece estar beneficiar de uma ajudinha extra...
Carregado de acção, O Caçador é ideal para quem gosta de livros com um ritmo veloz e iguais doses de mistério.



Nenhum comentário:

Postar um comentário