Goodreads

Destaques

0 A conclusão da trilogia As Mulheres do Islão | Aïcha, a Bem-Amada {Livros Março}


Khadija, a Mulher de Maomé

As mulheres do Islão - Volume 1
nascimento do Islão começa por ser a história de uma mulher, Khadija. primeira mulher do profeta, a mulher que o amava quando ele era apenas um jovem caravanista.

Durante dez anos de felicidade, impõe Muhammad aos poderosos clãs. Durante toda a sua vida Maomé apoiou-se em três figuras eternas da feminilidade: a mãe, a guerreira e a confidente.

As Mulheres do Islão: Este é o 1º vol. da nova grande epopeia de Marek Halter. O segundo volume será intitulado Fatima, a Filha de Maomé e o terceiro Aicha, a Bem-Amada de Maomé.


Autor: Marek Halter
Editor: Bizâncio (Setembro, 2015) 
Género: Romance
Páginas: 336
Original: Khadija (2014)  



Fatima, a Filha de Maomé

As mulheres do Islão - Volume 2
A vida em Meca torna-se demasiado perigosa para o Mensageiro de Allah. Muhammad decide partir e Fatima acompanha-o na sua longa viagem para Yatrib, futura Medina. Onde são acolhidos pela comunidade judaica, que reconhece nos ensinamentos de Muhammad a herança de Abraão e de Moisés. 

No entanto, essa é uma época de mágoa para Fatima. O pai desposa Aïcha, a filha muito jovem de Abu Bakr. Fatima sente-se traída. Casada com Ali sente-se constrangida num papel que não se lhe adequa.

Longe das ideias feitas, o romance de uma mulher rebelde no momento em que o nascimento do Islão altera o equilíbrio entre judeus, cristãos e politeístas na Península Arábica. Uma grande epopeia romanesca.


Autor: Marek Halter 
Editor: Bizâncio (Outubro, 2015) 
Género: Romance
Páginas: 320
Original: Fatima (2014)  




Aïcha, a Bem-Amada

As mulheres do Islão - Volume 3
Aïcha encerra a trilogia As Mulheres do Islão.

Este último volume mostra o aparecimento de um Islão conquistador, que afastou as mulheres, apesar da oposição de Muhammad e que conduziu à divisão entre sunitas e xiitas, que ainda hoje ensanguenta o mundo árabe e o Ocidente.

«Chamo-me Aïcha bint Abi Bakr.
Há cerca de sessenta anos que me chamam Aïcha, Mãe dos Crentes. Sei que Allah, o Clemente e Misericordioso, não tardará a julgar a minha vida.
Quis que ela fosse longa, bela e terrível.
Quis que a minha memória fosse incomparável, a fim de a pôr ao serviço da Sua vontade e do Seu Enviado»





Autor: Marek Halter 
Editor: Bizâncio (Março, 2016) 
Género: Romance
Páginas: 288
Original: Fatima (2014)  



Khadija, a Mulher de Maomé . Bizâncio 2015 O Cabalista de Praga . Bizâncio 2011 O Messias . Bizâncio 2011A Rainha de Sabá . Bizâncio 2009Os Mistérios de Jerusalém . Bizâncio 2005  Maria . Bizâncio 2007 As Mulheres da Bíblia - Trilogia . Bizâncio 2006 Séfora . Bizâncio 2004 Lila . Bizâncio 2004Hoje Acordei Furioso! . Bizâncio 2008 O Vento dos Khazares . Bizâncio 2002Sara . Bizâncio 2003

Nenhum comentário:

Postar um comentário