Goodreads

Destaques

0 A Porta para a Liberdade

Dois homens. Dois destinos. Um preço demasiado alto a pagar.
  A 3 de Janeiro de 1960 dez homens, entre eles Álvaro Cunhal, evadiram-se do Forte de Peniche. A fuga, uma das mais importantes e espectaculares do Portugal salazarista, só foi possível graças a um homem, Jorge Alves. Soldado da GNR, Jorge Alves era um homem simples, sem filiação política, mas cansado de um Portugal amordaçado e revoltado com a hierarquia militar à qual pertencia. Em A Porta para a Liberdade, Pedro Prostes da Fonseca conta-nos a história do soldado cujo acto mudou a história do Partido Comunista Português (PCP) e, por arrasto, da luta antifascista. 
  O livro revela ainda FACTOS INÉDITOS sobre a evasão do Forte de Peniche.

Autor: Pedro Prostes da Fonseca
Editor: Matéria Prima (Fevereiro, 2014)
Género: Romance
Páginas: 248

Nenhum comentário:

Postar um comentário