Goodreads

Destaques

0 A Invenção da Natureza {Livros Maio}


As aventuras de Alexander von Humboldt, o herói esquecido da ciência.

Alexander von Humboldt (1769-1859) é o grande cientista esquecido. Deu nome a mais coisas do que qualquer outro: cidades, rios, cordilheiras montanhosas, uma corrente oceânica, um pinguim, uma lula gigante e até o Mare Humboldtianum na Lua. As suas andanças singulares parecem extraídas de um livro de aventuras: Humboldt penetrou na floresta tropical, subiu aos vulcões mais altos do mundo e inspirou príncipes e presidentes, cientistas e poetas.

Napoleão invejava-o; a revolução de Simão Bolívar foi alimentada pelas suas ideias; Darwin zarpou a bordo do Beagle por causa dele; e o Capitão Nemo de Júlio Verne tinha lido todos os livros de Humboldt. Ele era simplesmente, como disse um contemporâneo, «o maior homem desde o Dilúvio».

Levando-nos numa fantástica viagem na peugada de Humboldt, Andrea Wulf demonstra porque a sua vida e as suas ideias continuam a ser tão importantes ainda hoje. Ele queria conhecer e compreender tudo, e a sua maneira de pensar era tão avançada para o seu tempo que só agora é compreendida. Alexander von Humboldt inventou realmente a maneira como vemos a natureza.


Autor: Andrea Wulf  
Editor: Temas e Debates (Maio, 2016) 
Género: Biografia
Páginas: 568
Original: The Invention of Nature: Alexander von Humboldt's New World (2015) 
 Costa Book Award for Biography (2015)
 Andrew Carnegie Medal Nominee for Nonfiction (2016)
 Kirkus Prize Nominee for Nonfiction (Finalist) (2015)



"Andrea Wulf’s Humboldt is the ecological visionary and humanist. Despite some reiteration, her book is readable, thoughtful and widely researched, and informed by German sources richer than the English canon. It is the first formal biography in English for many years and may go some way toward returning this strange genius to the public." - The New York Times

"If anything, Wulf underestimates her readers’ interest in the detail of the sciences that would inspire a generation of environmentalists through the 19th century and beyond. But in its mission to rescue Humboldt’s reputation from the crevasse he and many other German writers and scientists fell into after the Second World War, it succeeds." - The Independent







Andrea Wulf nasceu na Índia, mudou-se para a Alemanha na infância e agora vive em Inglaterra. É autora de vários livros distinguidos pela crítica. The Brother Gardeners venceu o American Horticultural Society Book Award e foi nomeado para o Samuel Johnson Prize; Founding Gardeners esteve na lista de bestsellers do New York Times. Tem escrito para muitos jornais incluindo Guardian, LA Times e New York Times. Foi escritora em residência da British Library em 2013 e bolseira do International Center for Jefferson Studies em Monticello. Faz intervenções regulares na televisão e na rádio.



Nenhum comentário:

Postar um comentário