Goodreads

Destaques

0 Uma Mulher de Coragem | Opinião


Uma Inesquecível História de Guerra e Coragem. Annabelle Worthington tem 19 anos e nasceu em berço de ouro, na sociedade de Nova Iorque. Mas tudo se desmoronou com o naufrágio do Titanic. Annabelle torna-se voluntária e ajuda os pobres. Desiludida com o seu primeiro amor, Annabelle foge para França, arrasada pela guerra, e trabalha como enfermeira na guerra, salvando vidas.

Quando a guerra acaba, começa uma nova vida em Paris, agora é médica, casada, mãe e esquece o mundo que deixou para trás. Até que um encontro inesperado a obriga a regressar a Nova Iorque, já uma mulher diferente, e a reconstituir as peças do puzzle que é o seu passado.


Autor: Danielle Steel    
Editor: Bertrand Editora (Fevereiro, 2016) 
Género: Romance
Páginas: 296
Original: A Good Woman (2007)   




opinião
★★★★✩

Se Uma Mulher de Coragem é indício da qualidade do trabalho da autora no geral, então tenho andado a perder livros fantásticos. Até agora só li Grande Mulher do qual, por vários motivos, não gostei, mas este Uma Mulher de Coragem agradou-me imenso e até me fez lembrar um bocadinho Lesley Pearse, o que, no meu entender, é um elogio dos grandes!

Gostei muito do modo progressivo como a autora fortifica a protagonista ao longo do livro. Anabelle vai-se transformando em consequência do que lhe acontece, tal como o mundo que a rodeia sofre uma dramática mudança devido à eclosão da Primeira Guerra Mundial. A cada infortúnio da vida, Anabelle cresce e endurece a sua personalidade. Deixamos de acompanhar uma jovem inexperiente para passar a observar com admiração uma mulher forte e decidida, que sabe o que quer, altruísta mesmo nos piores momentos e com vontade de ajudar quando tantos lhe viraram as costas, de dar quando tanto lhe foi tirado.

A escritora faz questão de deixar bem clara a diferença entre Anabelle e as outras mulheres com quem ela se relaciona na alta-sociedade nova-iorquina. Numa época em que, para muitas, a aspiração máxima na vida era ser mãe, Anabelle destaca-se pela sua sede de conhecimento e intelectualidade. Além do papel feminino no início do século XX, Steel aborda temas como o divórcio e a homossexualidade, tornando o livro ainda mais interessante.

A história de Anabelle é muito comovente, vivemos com esta jovem momentos angustiantes e de pura desilusão, mas é também uma história inspiradora pelo modo como Anabelle atravessa as adversidades e, a partir dos piores episódios, consegue fazer sempre coisas boas e enriquecedoras.

Se tivesse que apontar algum "defeito" ao livro seria a exagerada repetição de algumas noções. Uma vez que está bem escrito, o livro permite-nos tirar nós próprios as conclusões devidas sem ser necessário apontá-las de forma tão óbvia... mas, pior que isso, a autora acaba por repetir essas mesmas ideias uma e outra vez.

Repetição à parte, em Uma Mulher de Coragem Danielle Steel construiu uma história fascinante e rematou-a à altura. Mesmo depois de tanto azar e frustração, o livro termina de forma realista e com uma nota de esperança que torna difícil dizer adeus a Anabelle e fechar o livro.



Nenhum comentário:

Postar um comentário