Goodreads

Destaques

0 A História de Lupita {Livros Abril}


Lupita é uma mulher fora de série. Forte. Ardente. Inesquecível. Numa sociedade obcecada com as aparências, o dinheiro e o poder, ela é uma heroína improvável. Uma lutadora que protege os mais fracos e injustiçados.

Lupita é também uma mulher com um passado doloroso. Frágil. Romântica. Devastada. Que vive com memórias agridoces de um tempo que, sabe, não voltará.

Na sua busca por amor, ela dá por si no lugar errado à hora errada. Bastarão apenas uns segundos para mudar a sua vida. Ao testemunhar um assassinato, Lupita passa a ser uma mulher marcada. Mas a revolta que nasce dentro de si é mais forte do que o medo que sente. A vítima, Arturo, era o único homem em que acreditava incondicionalmente. A sua morte leva-a a tomar uma decisão extrema: lutar até ao limite das suas forças e fazer justiça… por Arturo, por si própria e por todos aqueles que não têm voz.

A escritora mexicana Laura Esquivel, autora do clássico contemporâneo Como Água para Chocolate, está de volta com uma parábola mágica sobre afetos, coragem e redenção. A sua linguagem plena de misticismo e espiritualidade dá vida a uma mulher excecional, uma heroína atípica que ficará gravada para sempre na memória dos leitores.


Autor: Laura Esquível
Editor: Edições Asa (Abril, 2015)
Género: Romance
Páginas: 224


✏ Escritora mexicana, Laura Esquível nasceu a 30 de Setembro de 1950, na cidade do México. Oriunda de uma família católica, manteve, no entanto, desde cedo uma certa abertura de espírito que a levou, na sua juventude, a estudar as filosofias orientais, a praticar a meditação e seguir uma dieta vegetariana. Não obstante, foi grandemente influenciada pela avó, autêntica matriarca da família, que se costumava reunir com as mulheres na cozinha, lugar que Laura Esquível veio a considerar ideal para que o sexo feminino possa partilhar pensamentos íntimos. Trabalhou como educadora de infância mas, dada a escassez de materiais didácticos, começou ela própria a escrever peças de teatro para as crianças. Passou depois a contribuir como dramaturga para a cadeia de televisão pública infantil. A ocasião propiciou-se para que pudesse estudar Cinema e, durante a sua aprendizagem, conheceu o actor Alfonso Arau, com quem veio eventualmente a casar. Em 1985 estreou-se como argumentista, com o filme Guido Guán Y Los Tacos De Oro, obra nomeada para o Prémio Ariel da Academia das Ciências e Artes Cinematográficas. Decidiu prosseguir com um novo argumento, mas tendo sido desencorajada a rodá-lo devido à escassez de fundos necessários, optou por convertê-lo ao formato de romance. Surgiu assim Como Agua Para Chocolate (1989, Como Água para Chocolate), romance que contava a história de Tita de La Garza, e cuja acção decorre no princípio do século XX, no Norte do México, à beira da Revolução. Como é tradicional nesse país, Tita, por ser a filha mais nova, não se deve casar, para que possa cuidar da sua mãe na velhice. Um sucesso de vendas considerável e internacional, o livro acabou por ser adaptado para o cinema em 1993, arrebatando dezoito galardões internacionais.


 A História de Lupita - Edições Asa 2015Escreva a sua Própria História - Edições Asa 2013 O Livro das Emoções - Edições Asa 2011  Malinche - Edições Asa 2006  A Lei do Amor - Edições Asa 2003O Livro das Emoções - Edições Asa 2003  A Pequena Estrela do Mar - Edições Asa 2001 Tão Veloz Como o Desejo - Edições Asa 2001 Como Água para Chocolate - Edições Asa 2000  Íntimas Suculências - Edições Asa 2000


Nenhum comentário:

Postar um comentário