Goodreads

Destaques

0 A Solo

  Decorre o ano de 1969 e James Bond está prestes a agir a solo, tendo uma imprudente vingança como objetivo. Veterano de longa data dos serviços secretos, 007 é encarregue de pôr fim sozinho a uma guerra civil, numa pequena nação da África Ocidental, Zanzarim.
  Ajudado por uma bela cúmplice e boicotado pela milícia local, Bond passa por uma experiência marcante que o leva a ignorar as ordens de M. enquanto tenta levar a cabo a sua missão pessoal de justiça. As ações impetuosas de James Bond levam-no a Washington D.C., onde descobre uma rede de intrigas geopolíticas e assiste a novos horrores. Todavia, mesmo que Bond consiga a sua vingança, será perseguido a cada momento por um homem de duas faces.

Autor: William Boyd
Editor: Dom Quixote (Maio, 2014)
Género: Policial
Páginas: 332
Original: Solo (2013) [Goodreads] [Wook]

   


Sobre o autor...
William Boyd nasceu em Acra, no Gana, em 1952 e frequentou as universidades de Nice, Glasgow e Oxford. Foi ainda como professor de Inglês na Universidade de Oxford que publicou o seu primeiro romance, A Goog Man in Africa, que recebeu os prémios Whitbread e Somerset Maughan. Pouco depois deixou a docência para se dedicar inteiramente à literatura.
É autor de vários romances, quase todos distinguidos com prémios. An Ice Cream War conquistou o John Llewellyn Rhys Memorial Prize e foi nomeado para o Booker Prize; A Praia de Brazaville ganhou o James Tait Black Memorial Prize e Tarde Azul o Prémio de Ficção do Los Angeles Times. Treze dos seus guiões cinematográficos foram filmados e, em 1998, escreveu e realizou o filme A Trincheira.
Boyd vive em Londres e na Dordonha, região no Sudoeste de França, onde dedica alguns meses por ano à viticultura.

Livros de William Boyd:
Solo, 2014
Tempestade, 2010
Inquietude, 2007
Armadillo, 2000
Tarde Azul, 1995

Nenhum comentário:

Postar um comentário