Goodreads

Destaques

0 Veneza Pode Esperar

Veneza Pode Esperar
Diário 1
  São raríssimas as autoras portuguesas que abrem a porta da sua intimidade aos leitores. Ao fim de duas dezenas de títulos, Rita Ferro corre esse risco oferecendo-nos a narrativa diária de alguns meses da sua vida, sem artifícios literários, num dos períodos mais sombrios e no rescaldo de perdas nucleares: o maior amigo, a casa onde investiu todas as economias, a mãe, o afastamento daquele que pode ter sido o seu grande amor. 
  Veneza Pode Esperar é o balanço autobiográfico de uma pós-feminista pragmática, mas aberta ao mistério, às voltas com o mal-estar contemporâneo, ao longo de 240 páginas tonalizadas pelo humor, a auto- ironia e a amarga lucidez de quem sabe perder, onde o presente se confunde com a memória e a escritora com uma das suas personagens. Trata-se do primeiro volume de um diário íntimo, coleccionável como um folhetim, sem happy end nem beijos ao pôr do Sol.

Autor: Rita Ferro
Editor: Dom Quixote (Janeiro, 2014)
Páginas: 240
COMPRAR


Só Se Morre Uma Vez
Diário 2
  Que pensa uma mulher de 60 anos enquanto os homens se matam uns aos outros? Que a preocupa para além da crise e das guerras? Que utilidade lhe encontram, quanto vale para certas pessoas? Que amores ainda a podem surpreender? Que esperanças, que forças lhe restarão antes de se render à idade?
Numa época em que a beleza e a juventude se apresentam como divindades e o dinheiro se revela - dir-se-ia - como a única religião verdadeiramente ecuménica do Mundo, é com a singularidade do indivíduo à margem destes padrões que a grande humanidade se identifica.
  Talvez por isso, Rita Ferro teime em deixar o testemunho do seu tempo, lugar e circunstância, partilhando com os leitores o seu Diário 2, interlocutor das suas memórias, perplexidades e reflexões na passagem para os sessenta.

Autor: Rita Ferro
Editor: Dom Quixote (Junho, 2015)
Páginas: 312

Sobre a autora...

  Rita Ferro nasceu em Lisboa. Iniciou a sua carreira literária em 1990, arriscando um novo tipo de escrita feminina que, tendo obtido um enorme êxito e revolucionado o mercado literário português, conheceu inúmeros seguidores. Criou um estilo e, com ele, um novo género.

  Hoje, tendo já transcendido as questões femininas, ou não se esgotando nelas, distingue-se por uma técnica de narração mordaz e cativante, de grande versatilidade. Escreveu mais de vinte livros em vinte anos. Além de presença regular na imprensa e na televisão, é cronista na rádio, júri literária e de festivais de cinema, e desenvolveu dois cursos inéditos: «Incentivo à Criação» e «Começar a Escrever».
  Ao seu romance autobiográfico A Menina É Filha de Quem? (2011) foi atribuído o prémio PEN Clube Português de Narrativa. Os seus livros estão editados em Espanha, no Brasil e na Croácia.

Livros de Rita Ferro...
Só se Morre uma Vez - Diário 2 - 2015 Dom Quixote
Veneza Pode Esperar - Diário 1 - 2014 Dom Quixote
A Menina é Filha de Quem? - 2011 Dom Quixote 
4 & 1 Quarto - 2009 Dom Quixote 
Não me contes o fim - 2009 BIS 
13 Gotas ao Deitar - 2009 Oficina do Livro
Responde se és Homem - 2007 Dom Quixote
Sexo na Desportiva - 2007 Dom Quixote
As Caras da Mãe - 2006 Dom Quixote
Querida Menopausa - 2005 Oficina do Livro
Sebastião Alves - 2004 Dom Quixote
Os Cromos de Rita Ferro - 2003 Dom Quixote
És Meu! - 2003 Dom Quixote
A Menina Dança? - 2002 Dom Quixote
Os Filhos da Mãe - 2002 Dom Quixote
Uma Mulher não Chora - 2002 Dom Quixote
Por Tudo e Por Nada - 2002 Dom Quixote
O Nó na garganta - 2002 Dom Quixote
Desculpe Lá Mãe! - 2002 Dom Quixote
O Vestido de Lantejoulas - 2002 Dom Quixote
O Vento e a Lua - 2002 Dom Quixote
Por Instinto - 2000 Editorial Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário