Goodreads

Destaques

0 Cidade Proibida

  Uma história de amor e sexo passada em Lisboa, entre um filho de muito boas famílias, da melhor sociedade lisboeta, e um inglês que aqui trabalha como professor.
  É um bom livro em que se fala livre e fulgurantemente de sexo, do prazer erótico e da transgressão.
  Eduardo Pitta fá-lo com a mestria de um grande narrador.

Autor: Eduardo Pitta
Editor: Editorial Planeta (Janeiro, 2014)*
Género: Romance
Páginas: 144

*Cidade Proibida foi editado em 2007 pela editora Quidnovi 


Sobre o autor...
  Eduardo Pitta nasceu em Moçambique em 1949, vivendo em Portugal desde 1975. É poeta, ficcionista, ensaísta, crítico literário do jornal Público e autor do blogue Da Literatura, que estende ao espaço público electrónico a sua capacidade de atenção crítica. Publicou oito livros de poesia, três de ensaio, um de contos e também um diário. O essencial da obra poética encontra-se reunido em Poesia Escolhida (2004). No domínio do ensaio, os títulos mais recentes são Metal Fundente (2004), suma de artigos sobre autores tão diversos como, entre outros, Al Berto, W. H. Auden, Mário Cesariny, T. S. Eliot, Konstandinos Kavafis, Fernando Pessoa, Dylan Thomas, Walt Whitman, Oscar Wilde e Virginia Woolf, e Fractura (2003). Textos seus, de poesia e prosa, encontram-se dispersos por inúmeras publicações. Recentemente reeditado pela QuidNovi, o livro de contos Persona faz luz sobre aspectos menos conhecidos da guerra colonial em Moçambique. 
  A Cidade Proibida é o seu primeiro romance.

Livros de Eduardo Pitta
Arbítrio
Cidade Proibida

Nenhum comentário:

Postar um comentário