Goodreads

Destaques

0 Série Night Soldiers

A série Night Soldiers tem por tema a Europa dos anos 30 e a Segunda Guerra Mundial. São 12 os livros que a compõem até à data, sendo o 12º original de 2012. Em Portugal estão editados o 3,º 4º, 6º, 8º e o 9º livros desta série. O mais recente é O Mundo na Escuridão, a ser lançado em Julho deste ano pela Dom Quixote.

O Oficial Polaco

Night Soldiers #3
Setembro de 1939. Quando Varsóvia está a ponto de cair nas mãos da Wehrmacht de Hitler, o capitão Alexander de Milja é recrutado pelos serviços secretos da recém-formada resistência polaca. A sua missão é transportar para um local seguro as reservas de ouro do Banco Nacional da Polónia, escondidas num comboio de refugiados. 
À medida que a guerra continua, o dever leva-o, sob diversas identidades, de Varsóvia a Paris e à gelada Ucrânia - suportando uma vida de sombras e ilusão, sempre em fuga, sempre um passo à frente da morte. 
Um maravilhoso romance no mais puro estilo dos clássicos de espionagem, uma leitura apaixonante, rica em suspense, acção e ambiente. Um relato da luta que se desenrolou na sombra contra a ocupação alemã durante a Segunda Guerra Mundial, e de como, por toda a Europa, homens e mulheres comuns se converteram em heróis de um tempo sem lei repleto de ambiguidades.

Autor: Alan Furst
Editor: Dom Quixote (2010)
Género: Policial
Páginas: 352
Original: The Polish Officer (1995)

O Mundo na Escuridão

Night Soldiers #4
Paris, 1940. A vida elegante do produtor de cinema Jean Casson é ameaçada pela ocupação alemã de Paris, mas Casson descobre que, com bastante dinheiro, compromissos e ligações, não precisa de abdicar dos prazeres da vida parisiense. Algures dentro de Casson, porém, há uma veia romântica. Quando lhe oferecem a oportunidade de participar numa operação do serviço secreto britânico, esse idealismo dá-lhe a coragem de a aceitar. Uma missão simples, mas que corre mal, e Casson percebe que deve arriscar tudo - a sua carreira, a mulher que ama, a própria vida. 
Uma brilhante recriação de França - o seu espírito no momento da derrota, o seu valor no momento do renascimento.

Autor: Alan Furst
Editor: Dom Quixote (Julho, 2013)
Género: Policial
Páginas: 320
Original: The World At Night (1998)

O Reino das Sombras

Night Soldiers #6
Março de 1938. O aristocrata húngaro Nicholas Morath - um herói de grande carisma - envolve-se numa missão de risco constante ao tentar travar o movimento Nazi na Europa de Leste. E Paris vive o seu derradeiro Verãi asntes da guerra...

Autor: Alan Furst
Editor: Verbo (2006)
Género: Policial
Páginas: 268
Original: Kingdom of Shadows (2000)





O Sangue da Vitória

Night Soldiers #7
A. Serebin, um escritor natural de Odessa, ex-herói condecorado da União Soviética, chega a Istambul, na qualidade de secretário executivo da União Internacional, uma organização da comunidade russa refugiada em Paris. É então recrutado por um membro dos serviços secretos ingleses para participar numa operação clandestina destinada a impedir a exportação de petróleo romeno para a Alemanha nazi. A odisseia de Serebin iniciar-se-á em Bucareste, e conduzi-lo-á a Paris, aos portos do mar Negro, a Belgrado e ao Danúbio. O título O Sangue da Vitória, um romance de extremo suspense, repleto de pormenores históricos profundamente fiéis à realidade, reproduz a expressão utilizada por um senador francês, durante uma conferência sobre a indústria e o comércio petrolíferos, em 1918: «O petróleo, que é o sangue da Terra, torna-se, em tempo de guerra, o sangue da vitória.» Palavras que viriam a revelar-se proféticas.

Autor: Alan Furst
Editor: Ulisseia (2006)
Género: Policial
Páginas: 266
Original: Blood of Victory (2002)

O Correspondente

Night Soldiers #9
Em 1938, centenas de intelectuais refugiaram-se em Paris, fugindo do governo fascista de Mussolini. No exílio, fundaram a resistência italiana e, combatendo o fascismo com máquinas de escrever, criaram mais de 500 jornais.
O Correspondente conta essa história, conta as vidas desses homens, e principalmente a de Carlo Weisz, um correspondente de guerra que se torna editor do Liberazione, um jornal clandestino, depois de o editor ser assassinado.
Quando Weisz regressa de uma reportagem sobre a guerra civil em Espanha, começa a ser perseguido pela Polícia de Segurança Francesa, pelos Serviços Secretos britânicos e pela OVRA, polícia secreta de Mussolini.
Numa Europa desesperada e em guerra, um correspondente estrangeiro é um alvo preferencial - para vigiar, chantagear ou matar.

Autor: Alan Furst
Editor: Dom Quixote (2007)
Género: Policial
Páginas: 304
Original: The Foreign Correspondent (2006)


Sobre o autor...
Alan Furst nasceu e cresceu em Manhattan, Nova Iorque. Viveu longas temporadas em França, inicialmente como professor na Faculdade de Letras da Universidade de Montpellier, e depois em Paris. Como jornalista, viajou pela Europa de Leste e pela Rússia. Foi colaborador da revista Esquire e do jornal International Herald Tribune.

Nenhum comentário:

Postar um comentário