Goodreads

Destaques

0 Série Reykjavík Murder Mysteries

✏ A série Reykjavík Murder Mysteries apresenta-nos o detective islandês Erlendur Sveinsson e os seus colegas, Elínborg and Sigurður Óli. 

✏ Esta série de policiais é composta por 12 livros, dos quais 4 já possuem a sua edição portuguesa. O mais recente é A Mulher Verde, editado em Abril pela Porto Editora. 

Laços de Sangue

Reykjavík Murder Mysteries #3
Um livro islandês na melhor tradição dos thrillers escandinavos.
A chuva é uma constante deste livro. A chuva, o vento e o frio. A Islândia é o lugar onde tudo acontece, mesmo quando raramente acontece alguma coisa. Um homicídio, uma mensagem enigmática, um passado por revelar. Culpa e redenção numa crime de sangue.
O inspector Erlendur Sveinsson recusa a aparente e ilusória simplicidade deste caso. Atravessa a fina película do presente e percorre toda a espessura do passado, um passado injusto, cruel e violento, ainda em aberto. É este passado que emerge à superfície em toda a sua podridão para contaminar o presente. Só o inspector Erlendur parece ser capaz de fechar a porta a esse passado de sombras e trazer luz ao presente.

Autor: Arnaldur Indriðason 
Editor: Civilização (2006)
Género: Thriller
Páginas: 301
Original: Mýrin (2000)


A Mulher de Verde

Reykjavík Murder Mysteries #4
Há segredos que não podem ficar enterrados para sempre…
Numa encosta perto de Reiquejavique, algumas crianças brincam junto aos alicerces de uma nova casa em construção quando, de forma inesperada, encontram uma costela humana.
A mórbida descoberta leva de imediato o inspetor Erlendur e a sua equipa da polícia científica a instalarem-se no terreno, unindo esforços para desenterrar o resto do corpo secretamente sepultado e ao mesmo tempo investigar aquele estranho caso feito de contornos brutais, escondido debaixo de terra desde o período da II Guerra Mundial.
À medida que cada osso vai sendo desvendado, também a história de violência doméstica e corrupção no seio de uma família vem ao de cima, oferecendo àquele mistério sinais cada vez mais tenebrosos de que o terror pode ser coisa de gente comum.
O caso exige toda a coragem que o inspetor Erlendur possa encontrar em si, ele que, assistindo à morte lenta da própria filha toxicodependente, que depois de abortar entra num coma profundo, não pode evitar confrontar-se com as responsabilidades de ter levado, também ele, a sua família a uma degradação quase completa.

Autor: Arnaldur Indriðason 
Editor: Porto Editora (Abril,2014)
Género: Thriller
Páginas: 264
Original: Grafarþögn (2001)

A Voz

Reykjavík Murder Mysteries #5
Um romance tenso, com uma atmosfera perturbante, pela mão de um dos melhores escritores de policiais da Europa.
Gudlaugur, o velho porteiro de um dos mais famosos hotéis de Reiquiavique, é encontrado seminu e apunhalado no seu miserável quarto na cave do hotel. Mas Gudlaugur é muito mais do que um simples porteiro que também se disfarça de Pai Natal para as festas das crianças - ele é um completo mistério. Ao fim de vinte anos a trabalhar no hotel, ninguém parece conhecê-lo verdadeiramente. À medida que a investigação prossegue, uma teia de más intenções, avidez e corrupção começa a emergir. Toda a gente - entre funcionários e hóspedes - tem algo a esconder. Mas o segredo mais chocante reside no passado da vítima, no qual o inspector Erlendur tem de mergulhar para encontrar o assassino.

Autor: Arnaldur Indriðason 
Editor: Porto Editora (2011)
Género: Thriller
Páginas: 304
Original: Röddin (2002)


O Mistério do Lago

Reykjavík Murder Mysteries #6
Um romance carregado de mistério que confirma Arnaldur Indri-ason como um dos grandes nomes do policial nórdico.
Um lago que se esvazia, um mistério que se adensa.
O nível das águas do lago Kleifarvatn tem vindo a descer lentamente na sequência de um terramoto.
Uma hidróloga local está a estudar o estranho fenómeno quando descobre uma ossada humana com um buraco no crânio e, ao lado, um velho aparelho de rádio com inscrições em cirílico quase ilegíveis. A Polícia é enviada ao local e o inspetor Erlendur e a sua equipa ficam a cargo da investigação, que os levará a pesquisar desaparecimentos ocorridos na Islândia na década de sessenta. As pesquisas conduzem-nos inevitavelmente às embaixadas do ex-bloco soviético e a antigos estudantes islandeses das juventudes socialistas, bolsistas na Alemanha de Leste em plena Guerra Fria.


Autor: Arnaldur Indriðason 
Editor: Porto Editora (Abril/2013)
Género: Thriller
Páginas: 320
Original: Kleifarvatn (2004)


Nenhum comentário:

Postar um comentário