Goodreads

Destaques

0 Livros pilhados pelos Nazis regressam a casa


Apesar de não haver uma estimativa oficial relativamente ao número de livros roubados durante o regime nazi,  a Central and Regional Library Berlin estima um potencial de 250.000 livros saqueados, em que mais de 40.000 foram retirados das casas de judeus deportados ou assassinados. Encontrar os seus donos e devolvê-los a estes, é uma tarefa que levará décadas...

Até à data, a biblioteca conseguiu devolver apenas 345 livros a 29 herdeiros. Para dificultar a tarefa, existem poucos livros com sinais visíveis de terem sido saqueados; até agora, 4.000 livros foram identificados como tendo sido usurpados embora a maior parte das bibliotecas alemãs ainda nem tenham começado a procurar nas suas colecções por livros que possam ter sido furtados pelos nazis. 

O valor emocional destes livros é bastante vasto para as famílias, para muitas das quais não existe sequer evidência material das vidas que se perderam. 

“You can imagine what it meant to receive these books with the mother’s signature, a signature the daughter had never seen, in handwriting she’d never known, of a mother she scarcely remembered” Anne Webber (co-presidente da Commission for Looted Art in Europe)

Ler mais: Bloomerang 

Nenhum comentário:

Postar um comentário