Goodreads

Destaques

0 Mo Yan



Muitas vezes descrito como o Kafka ou Joseph Heller chinês, Mo Yan (pseudónimo que significa «não fales») foi galardoado este ano com o Prémio Nobel da Literatura pelo seu trabalho cujo «realismo alucinatório funde contos populares, história e o contemporâneo».


Nascido na província de Shandong, Mo Yan acabou por abandonar os estudos aquando da Revolução Cultural para começar a trabalhar numa fábrica de petróleo, alistando-se no Exército Popular de Libertação aos 20 anos de idade.

O seu primeiro romance foi publicado quando ainda exercia funções de soldado, em 1981, publicando seis anos mais tarde aquele que seria um enorme sucesso, inclusivé com adaptação ao cinema: «Red Sorghum». 

«Peito Grande, Ancas Largas» foi publicado em 1996, ficando depois proibida a sua publicação na China e o autor obrigado a escrever uma autocrítica.

Apesar da controvérsia, Mo Yan ganhou em 2011 aquele que é o galardão literário oficial do seu país, o Prémio Mao Dun, e foi eleito vice-presidente da Associação dos Escritores da China. 

Em Portugal, está publicado «Peito Grande, Ancas Largas» e é aguardada a publicação de «Mudanças» em Novembro. 



Livros de Mo Yan publicados em Portugal:
MudançasPeito Grande, Ancas Largas

Nenhum comentário:

Postar um comentário