Goodreads

Destaques

0 O Mundo Depois do Fim

E se o apocalipse não fosse como pensamos mas algo mais estranho, mais inexplicável, com o desaparecimento de milhões de pessoas em todo o mundo? Velhos, jovens, homens, mulheres, santos, pecadores, todo o tipo de pessoas… simplesmente desaparecidas, de um momento para o outro. Como poderão aqueles que ficaram reconstruir as suas vidas?
É esta a questão que os cidadãos de Mapleton têm de enfrentar, uma comunidade suburbana outrora tranquila que perdeu mais de uma centena de pessoas no dia que ficou conhecido como a Partida Súbita. Kevin Garvey, o presidente da câmara, tenta renovar a esperança e dar algum alento aos habitantes da cidade, mas a sua própria família está a desintegrar-se. A mulher, Laurie, deixou o marido e os filhos para se juntar a uma seita chamada Remanescentes Culpados, cujos membros fazem um voto de silêncio mas vagueiam pelas ruas deixando mensagens sobre o juízo divino. O filho, Tom, desistiu da universidade para se juntar a uma outra seita, liderada pelo «Santo Wayne», um suposto profeta que afirma ser capaz de curar a dor dos que perderam aqueles que amavam. Jill, a filha adolescente, é a única família que resta a Kevin, mas o peso da tragédia comunitária fez com que ela se afastasse cada vez mais.
Tom Perrotta oferece em O Mundo Depois do Fim uma alegoria da sociedade contemporânea, marcada pela perda sem sentido e pelo medo de um futuro cada vez mais imprevisível. Uma distopia inteligente, perspicaz e memorável.


Autor: Tom Perrotta
Editor: Edições Contraponto (Setembro, 2012)
Páginas: 320


Sobre o Autor:
Tom Perrota nasceu em 1961, é um escritor e argumentista americano, conhecido pelos seus livros «Election» de 1998 e «Little Children» de 2004, ambos adaptados ao cinema, aclamados pela crítica e nomeados para os Golden Globes.
Além do recente livro «O Mundo Depois do Fim», Perrota tem também publicado em Portugal «Abstinência».

Nenhum comentário:

Postar um comentário