Goodreads

Destaques

0 O Velho e o Mato

  Sérgio Veiga descreve com mestria o mar, as florestas e planícies, a caça e a morte, a solidão da savana e o cheiro da terra. De tal forma nos envolve nesta sua magia que são as letras, que passado pouco tempo sentimos que com Hermenegildo estamos a viver esta aventura. 
  Uma aventura de retorno às origens, no fim da vida, depois da morte do seu verdadeiro amor e melhor amiga. Uma aventura de vida e morte, na busca de si mesmo, do seu espírito caçador, da sua alma de homem do mato.

Autor: Sérgio Veiga
Editor: Marcador (Julho, 2014)
Género: Romance
Páginas: 176




✏ Sérgio Cândido Veiga nasceu em Maputo a 25 de julho de 1953. Desde muito cedo acompanhou seu pai, caçador profissional, nas atividades de safaris e veio mais tarde a abraçar também a mesma profissão. É um dos grandes caçadores moçambicanos e também uma referência na caça submarina. A pesca e o mergulho para registo de imagens subaquáticas são igualmente uma das suas atividades prediletas. Participou como operador de câmara e realizador em documentários sobre o meio ambiente e temas humanitários para várias ONG’s. Como artista notabilizou-se na pintura, tendo exposto individualmente e em mostras coletivas. O contato com a natureza e as gentes do interior e da costa foram também transpostos para a literatura. Participou ainda no livro Once we were hunters: a journey with Africa’s indigenous people, que foca a interação do meio ambiente com as comunidades de seis países da África Austral e Oriental. Esta é a sua primeira obra de ficção.

✏ Livros:
     - O Velho e o Mato - Marcador, 2014;
     - O Quente Aconchego da Mãe Negra - Marcador, 2012;

 




Nenhum comentário:

Postar um comentário