Goodreads

Destaques

2 A Última História de Amor

Três mulheres unidas pelo sangue e por África

  A notícia deixa-o enlouquecido de raiva. O fazendeiro alemão de caçadeira em punho lança-se pela selva adentro em perseguição do seu filho Zinkke e da negra Ângela, que acabou de dar à luz as suas netas. Merkel arrasa tudo o que encontra à sua frente. Zinkke sabe que tem de partir, fugir do ódio do pai, proteger a mulher que ama e as suas duas filhas. Mas é tarde demais. 
  Duas balas atingem-no e Zinkke cai por terra com uma das recém-nascidas ao colo. Mas o avô não tem dó - segura-a pelos pés e, cruelmente, esmaga-a contra o tronco de uma árvore. Ângela consegue escapar com Gabriela: era preciso deixar Moçambique para trás. Gabriela cresce em Lisboa, a ouvir os relatos da mãe sobre a terra onde nasceu, e deseja voltar a África para conhecer as suas raízes. 
  Nessa viagem, descobre a história da avó, traída e abandonada pelo marido; e desvenda o passado da mãe, que, depois de tantos anos, continua agarrada a um grande amor. 
  Neste romance apaixonante, baseado na história da própria família da autora, a jornalista Conceição Queiroz transporta-nos para o surpreendente mundo africano onde foi vivida a última história de amor. 


Autor: Conceição Queiroz
Editor: A Esfera dos Livros (Julho, 2014)
Género: Romance
Páginas: 256
   




✏ Conceição Queiroz nasceu na Ilha de Moçambique. Dos pais herdou a convicção, a força, a coragem, o sentido de justiça, o respeito pela liberdade do outro. Jornalista começou pelo grupo Semanário. Da imprensa passou para a rádio (Rádio Clube Português) e daqui para a televisão, tendo sido Directora de Informação da Televisão de Cabo Verde. Em 2000 entra para o Departamento de Informação da TVI e integra a equipa de Grande Reportagem.

✏  Livros de Conceição Queiroz
     - A Última História de Amor (A Esfera dos Livros, 2014)
     - Os Meninos da Jamba (Oficina do Livro, 2008)
     - Serviço de Urgência (Oficina do Livro, 2007)






2 comentários:

  1. Muito interessante. Já tem aqui no Brasil para comprar? Bjos e bom fim de semana.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Juliana :)
      Não, mas pode sempre adquirir o 'nosso' :D

      Excluir