Goodreads

Destaques

0 Série Commissario Brunetti

  A série Commissario Brunetti tem como protagonista o charmoso Commissario Guido Brunetti à frente das investigações em intrigantes histórias policiais. Brunetti, funcionário exemplar da polícia de Veneza, tem um instinto infalível, agilidade na acção e gentileza no trato com vivos e mortos, características que o tornam um concorrente à altura das grandes personagens no género.
  Esta série é composta, por enquanto, por 23 livros, tendo o mais recente sido publicado em Março do presente ano.

Livros da Série...
  • Morte no Teatro La Fenice  (Commissario Brunetti #1)
  • Morte num País Estranho (Commissario Brunetti #2)
  • Vestido Para a Morte (Commissario Brunetti #3)
  • Death and Judgment (Commissario Brunetti #4) 
  • Acqua Alta (Commissario Brunetti #5)
  • No Silêncio da Noite (Commissario Brunetti #6)
  • Radiação Fatal (Commissario Brunetti #7)
  • Na Senda do Crime (Commissario Brunetti #8)
  • Amigos Influentes (Commissario Brunetti #9)
  • A Sea of Troubles (Commissario Brunetti #10) 
  • O Estranho Caso Ford (Commissario Brunetti #11)
  • Assassínio na Academia (Commissario Brunetti #12)
  • Provas Manipuladas (Commissario Brunetti #13)
  • Pedras Ensanguentadas (Commissario Brunetti #14)
  • Veneno de Cristal (Commissario Brunetti #15)
  • Quem Sofre São as Crianças (Commissario Brunetti #16)
  • A Rapariga dos Seus Sonhos (Commissario Brunetti #17) 
  • About Face (Commissario Brunetti #18) 
  • A Question of Belief (Commissario Brunetti #19) 
  • Drawing Conclusions (Commissario Brunetti #20) 
  • Beastly Things (Commissario Brunetti #21) 
  • The Golden Egg (Commissario Brunetti #22) 
  • By Its Cover (Commissario Brunetti #23) 

Morte no Teatro La Fenice

Commissario Brunetti #1
Neste livro, Brunetti investiga o caso do reputado maestro Wellauer, encontrado morto no seu camarim no Teatro La Fenice, após dirigir o primeiro acto da ópera La Traviata, de Verdi. O comissário vê-se imediatamente confrontado com um problema que o faz pensar e com um vasto leque de suspeitos: a prima donna Flávia Petrelli, que é uma rapariga mimada e egoísta; o director que estava furioso com a recusa do maestro em actuar num teatro muito conceituado; uma jovem esposa; uma soprano extraordinária e mentirosa e um director de teatro homossexual que tivera uma discussão com o maestro pouco antes do crime. Perplexo, Guido Brunetti interroga-se sobre quem calou para sempre o mais eloquente maestro do Ocidente.
Confrontado com um caso aparentemente cada vez mais complicado, no decurso das investigações, Brunetti interroga uma jovem que trabalha no teatro e que tinha uma ligação próxima com o maestro e fica a saber segredos perturbadores e difíceis de gerir. Brunetti conclui que qualquer uma das pessoas que trabalham no Teatro La Fenice pode ter assassinado o maestro.

Autor: Donna Leon
Editor: Editorial Planeta (2009)
Género: Policial
Páginas: 336
Original: Death at La Fenice (1992)

Morte num País Estranho

Commissario Brunetti #2
Um dia de manhã cedo, Guido Brunetti, Commissario da Polícia de Veneza, é confrontado com uma visão horrenda, quando o corpo de um jovem é tirado de um fétido canal veneziano. Todas as pistas apontam para um assalto violento, mas, para Brunetti, o roubo parece um móbil demasiado conveniente. Em seguida, algo muito incriminatório é descoberto no apartamento do morto - algo que aponta para a existência de uma cabala de alto nível - e Brunetti convence-se de que alguém, algures, se está a esforçar muito para fornecer uma solução já pronta para o crime…

Autor: Donna Leon
Editor: Editorial Planeta (2010)
Género: Policial
Páginas: 312
Original: Death in a Strange Coutry (1993)


Vestido para a Morte

Commissario Brunetti #3
  As aparências não só enganam, também podem matar. 
  A esperança do Commissario Guido Brunetti de escapar do calor sufocante de Veneza em Agosto e de desfrutar de umas férias em família nas montanhas é gorada quando uma descoberta macabra é feita num campo em Marghera. Um corpo está tão espancado, que o rosto é irreconhecível. A vítima parece ser uma prostituta transsexual. 
  O comissário começa as buscas em Veneza de alguém que possa identificar o cadáver, mas depara-se com um muro de silêncio. Então recebe um telefonema prometendo informações, a condição é que se encontre com o interlocutor numa ponte na cidade, a meio da noite. 
  Apesar do perigo, Brunetti continua determinado a descobrir a verdade e quando a desvenda depara-se com uma realidade assustadora.

Autor: Donna Leon
Editor: Editorial Planeta (Julho, 2014)
Género: Policial
Páginas: 296
Original: Dressed for Death (1994)

Acqua Alta

Commissario Brunetti #5
Neste quinto livro de Donna Leon sobre o comissário de polícia Guido Brunetti, investiga-se um elaborado roubo de peças de arte, que envolve os achados arqueológicos descobertos em Xi’an, na China. A arqueóloga americana Brett Lynch descobre que as peças de cerâmica em exposição no Museu de Veneza não são as originais. Essas terão sido roubadas e substituídas por falsas. Consequente à descoberta alarmante de Brett, esta é violentamente agredida à entrada do seu apartamento. Um aviso para não se encontrar com Semenzato, o director do museu do Palazzo Ducale. Sentindo a sua amiga Brett e a amante, a diva italiana do la Scalla Flavia Petrelli, em risco, Brunetti fará tudo para as proteger de todas as ameaças. Apesar do desinteresse total da polícia de Veneza pelo caso de Brett – excepto o comissário Guido Brunetti – o assassínio do Dr. Semenzato, um prestigiado inspector do Museu coloca Veneza em estado de choque e convence, de uma vez por todas, a polícia a actuar. Brunetti rapidamente associa o ataque de Brett com o assassinato de Semenzato, uma vez que tinham trabalhado juntos para organizar a exposição das antiguidades chinesas. Contra todas as cheias de inverno, a temida acqua alta, Brunetti avança nas suas investigações. Será uma recordista acqua alta o suficiente para parar os assassinos de atacar pela segunda vez, e desta vez, para matar Brett Lynch. Será que Guido Brunetti consegue pará-los? Como ninguém, Donna Leon consegue «pintar» a beleza e o charme, a corrupção e o crime de uma cidade submersa num Inverno cortante. Um romance inteligente e empolgante, escrito por uma autora de grande sensibilidade emocional e psicológica.

Autor: Donna Leon
Editor: Editorial Presença (2002)
Género: Policial
Páginas: 256
Original: Acqua Alta (1996)

No Silêncio da Noite

Commissario Brunetti #6
O comissário Guido Brunetti contacta subitamente com acontecimentos inesperados envoltos numa aura religiosa. Primeiro depara-se com um comportamento invulgar do professor de Religião e Moral da sua filha. Ao mesmo tempo recebe a visita de Maria Testa, a Suor' Immacolata, personagem que conhecera em Vestido para a Morte e que lhe participa a morte de 5 idosos.

Autor: Donna Leon
Editor: Editorial Presença (2003)
Género: Policial
Páginas: 228
Original: Death of Faith (1997)



Radiação Fatal

Commissario Brunetti #7
Donna Leon é uma veterana do policial recebendo do público português a mesma aclamação de países como a Itália, o Reino Unido, a Áustria ou a Alemanha. Radiação Fatal é sem dúvida uma obra prima para os fãs da série protagonizada pelo comissário Guido Brunetti. Neste livro que se desenrola em Veneza assistimos à vida dos Lorenzoni, ensombrados pelo desaparecimento trágico, há cerca de dois anos, do seu filho único e herdeiro do império da família. Quando Brunetti fica a saber que junto ao cadáver encontrado na antiga quinta, a cem quilómetros de Veneza, apareceu um anel que ostenta uma águia e uma espada, o brazão dos Lorenzoni, não lhe restam muitas dúvidas quanto à identidade do morto. Mas o que Brunetti irá descobrir tem uma natureza muito mais sinistra do que poderia suspeitar. Um policial empolgante, com uma forte mensagem social, que evoca a atmosfera do submundo da corrupção e da intriga política de uma das mais fascinantes cidades da Europa.

Autor: Donna Leon
Editor: Editorial Presença (2003)
Género: Policial
Páginas: 256
Original: A Noble Radiance (1998)

Na Senda do Crime

Commissario Brunetti #8
Guido Brunetti, o sedutor detective criado por Donna Leon, volta a entrar em acção no palco da sua cidade, a mítica Veneza. Neste novo título, o suspense é intenso, desde o início, pela intervenção de Paola, a mulher que partilha a vida do commissario Brunetti. Tendo ela decidido agir «fora da lei» por uma questão de consciência, num protesto contra a promoção de excursões sexuais a países asiáticos, estabelece-se uma cumplicidade entre ambos, que irá comprometer a carreira do commissario. As coisas complicam-se quando um assalto e um assassínio levantam suspeitas de ligações à Máfia, colocando Brunetti sob grande pressão. Como em todos os livros desta série, a intriga policial extravasa o género para revelar de forma brilhante o interesse da autora nas causas profundas do crime e da corrupção que radicam na própria sociedade. É assim que Veneza, no seu esplendor ambíguo se torna quase uma personagem de direito próprio, enfeitiçando-nos com o seu lado sombrio, oculto.

Autor: Donna Leon
Editor: Editorial Presença (2005)
Género: Policial
Páginas: 216
Original: Fatal Remedies (1998)

Amigos Influentes

Commissario Brunetti #9
Mestre do policial contemporâneo, Donna Leon criou, através do comissário Guido Brunetti, um cenário perfeito para a investigação dos mais invulgares crimes. Intrigante, perspicaz e inesperada, a trama que tece o enredo do mais recente trabalho da escritora americana transporta o leitor até Veneza, sua cidade de eleição. Brilhantemente evocada, a cidade italiana assiste à complicada situação de um burocrata que contactou Brunetti para investigar a falta de aprovação por parte do governo para a legalização da casa onde vive. Certo dia, absolutamente em estado de alerta, tenta falar com Brunetti, embora sem sucesso. Após este episódio é encontrado morto e o inspector sabe por experiência que este é um caso a que tem de dedicar toda a sua atenção. No curso da investigação depara-se com uma realidade dantesca, que passa pelo elevado consumo de drogas por viciados e traficantes que exercem a sua influência na zona. Corrupção política, mistério e muita acção elegem este livro como um dos melhores na carreira de Leon.

Autor: Donna Leon
Editor: Editorial Presença (2006)
Género: Policial
Páginas: 220
Original: Fatal Remedies (1998)

O Estranho Caso Ford

Commissario Brunetti #11
Quando uma das alunas da sua mulher Paola o vai visitar, com um estranho interesse sobre a possibilidade de se investigar o perdão concedido ao seu avô por um crime cometido muitos anos antes, o Commissario Brunetti dá pouca importância ao assunto. 
No entanto, sente-se intrigado e atraído pela inteligência e seriedade moral da rapariga. Quando ela aparece morta, esfaqueada até se ter esvaído em sangue, Claudia Leonardo deixa de ser apenas uma aluna de Paola e passa a ser um caso de Brunetti...
Enquanto investiga a vida de Claudia, descobre que esta não tem qualquer família. O único elo familiar que possui é com uma idosa senhora austríaca, que foi amante do avô. Brunetti cada vez mais intrigado desloca-se a casa da senhora e fica estupefacto com a imensa colecção de arte existente na casa da antiga amante. Quando esta também aparece morta o caso torna-se um beco sem saída e, quanto mais investiga mais segredos mórbidos descobre: a colaboração com os Nazis e o roubo de jóias italianas durante a guerra.

Autor: Donna Leon
Editor: Editorial Planeta (2009)
Género: Policial
Páginas: 288
Original: Wilful Behaviour (2002)

Assassínio na Academia

Commissario Brunetti #12
O corpo de um cadete é encontrado enforcado na academia militar de elite de Veneza. O jovem é filho de um médico e antigo político, um deputado que se caracterizava por uma integridade impecável e rara no meio político italiano.
O doutor Moro está visivelmente arrasado com a morte do filho mas, tanto ele como a mulher, de quem está separado, estão convencidos de que a morte do rapaz não pode ter sido suicídio. Ajudado pela inteligente Signorina Elettra, e pelo ouvido complacente de Paola, o Commissario Brunetti embarca numa investigação que o enreda na política estranha e tempestuosa da elite do seu país.
Na sua investigação, Brunetti depara-se com uma muralha de silêncio: os militares protegem-se uns aos outros, e os civis, ainda que à custa das próprias vidas, não estão dispostos a falar.

Autor: Donna Leon
Editor: Editorial Planeta (2009)
Género: Policial
Páginas: 272
Original: Uniform Justice (2003)


Provas Manipuladas

Commissario Brunetti #13
Quando uma veneziana idosa é brutalmente assassinada, a principal suspeita é a sua empregada romena, que fugiu da cidade. Quando tenta sair do país, levando consigo uma considerável soma e documentos falsos, a empregada mete-se à frente de um comboio e morre atropelada. Caso encerrado. Mas quando a vizinha da velha assassinada regressa do estrangeiro, torna-se evidente que a empregada não podia ter sido a assassina. O Commissario Brunetti decide - oficiosamente - encarregar-se pessoalmente do caso. Quando Brunetti investiga, torna-se claro que o motivo do assassínio não foi a avareza, mas que teve as suas raízes nas tentações da luxúria. Mas talvez Brunetti esteja a pensar no pecado capital errado...

Autor: Donna Leon
Editor: Editorial Planeta (2010)
Género: Policial
Páginas: 248
Original: Doctored Evidence (2003)


Pedras Ensanguentadas

Commissario Brunetti #14
Sempre atenta aos principais temas da actualidade, em Pedras Ensanguentadas Donna Leon recorre à sua célebre personagem, o Comissário Guido Brunetti para alertar os leitores para os meandros da emigração ilegal. 
Numa noite gelada de Inverno, poucos dias antes do Natal, um vendedor ambulante africano é assassinado em pleno Campo Santo Stefano. Porque quererá alguém matar um subsaariano vendedor de carteiras de contrafacção? A resposta mais óbvia é aquela que indica um possível ajuste de contas, mas será apenas isso? 
Quando Burnetti começa a investigar o caso descobre que há um pacto de silêncio entre os imigrantes ilegais e que as motivações por detrás daquele crime têm implicações bem mais profundas. 
Na verdade, há assuntos económicos e políticos, tráfico de armas e atitudes racistas por esclarecer. Analisa-se o comércio internacional e a segurança do Estado. E nunca Donna Leon se revelou tão envolvida na política quanto nesta obra. Este é um livro incisivo e implacável. 
Confirmando mais uma vez a sua faceta de exímia contadora de histórias, Pedras Ensanguentadas é um mistério perfeito, um retrato sedutor da Veneza contemporânea e um olhar inquiete sobre a emigração.

Autor: Donna Leon
Editor: Editorial Planeta (2010)
Género: Policial
Páginas: 288
Original: Blood From a Stone (2005)

Veneno de Cristal

Commissario Brunetti #15
Nesta nova aventura o Commisario Brunnetti vai mergulhar nos segredos da ilha de Murano, onde se encontram as fábricas do vidro mundialmente famoso. 
Está um dia luminoso de Primavera, quando o Commissario Brunetti e o Inspettore Vianello decidem fazer uma pausa na Questura para ajudar um amigo de Vianello, Marco Ribetti, que foi detido enquanto se manifestava contra a poluição química da lagoa de Veneza. Mas não foi Marco quem revelou o segredo vergonhoso das fundições de vidro poluidoras da ilha de Murano, nem é dele o corpo que foi encontrado diante dos fornos que ardem a 1400 graus, de noite e de dia. A vítima deixou pistas num exemplar de Dante e Brunetti tem de descer a um inferno para descobrir quem está a sujar as águas da lagoa…

Autor: Donna Leon
Editor: Editorial Planeta (2011)
Género: Policial
Páginas: 280
Original: Through a Glass, Darkly (2006)

Quem Sofre São as Crianças

Commissario Brunetti #16
A tranquilidade da noite veneziana é perturbada quando um bando de homens armados força a entrada no apartamento do Doutor Gustavo Pedrolli, fraturando-lhe o crânio e levando o bebé de dezoito meses.
Quando o Comissário Guido Brumerri, arrancado da cama pela notícia, chega ao hospital para investigar, ninguém sabe o porquê de tão violenta agressão ao eminente pediatra.
Mas Brunetti em breve começa a descortinar uma história de infertilidade e desespero, e um submundo onde os bebés podem ser comprados com dinheiro, entre um esquema fraudulento com farmácias e médicos da cidade. O conhecimento pode ser tão destrutivo como a ganância, certas informações acerca de um vizinho podem levar a todos os tipos de corrupção e diversas formas de dor.

Autor: Donna Leon
Editor: Editorial Planeta (2012)
Género: Policial
Páginas: 280
Original: Suffer the Little Children (2007)

A Rapariga dos Seus Sonhos

Commissario Brunetti #17
Numa manhã chuvosa, o Commissario Brunetti e o Ispettore Vianello respondem a uma chamada de emergência sobre o aparecimento de um cadáver a flutuar perto de uns degraus no Grande Canal. Ao estender os braços para puxar o corpo, o pulso de Brunetti é enredado pelo cabelo dourado do cadáver e avista um pequeno pé - juntos, Brunetti e Vianello, retiram uma rapariga morta da água. Todavia, por incompreensível que possa parecer, ninguém comunicou o desaparecimento de uma criança, nem o roubo das jóias em ouro que tem na sua posse. Brunetti é atraído para uma busca não só sobre a causa da sua morte, mas também da sua identidade, a família e os segredos que as pessoas estão dispostas a guardar a fim de proteger os filhos - sejam inocentes ou culpados.
Desde os canais e os palazzi de Veneza até um acampamento cigano no continente, Brunetti debate-se com o preconceito institucional e a criminalidade acobertada para esclarecer o destino da criança morta.

Autor: Donna Leon
Editor: Editorial Planeta (Junho, 2013)
Género: Policial
Páginas: 308
Original: The Girl of His Dreams (2008)

Nenhum comentário:

Postar um comentário